A cerca de uma base da Força Aérea Real Britânica (RAF) foi parcialmente derrubada pela força dos motores do Antonov An-225, um dos maiores aviões do mundo, quando a aeronave acelerou para decolar. O incidente inusitado ocorreu na quinta-feira (24) e, até o momento, não há informações sobre feridos. 

Segundo o The Aviationist, o gigante ucraniano transportou três helicópteros Puma da RAF de Karachi, no Paquistão, para a Base Aérea RAF Brize Norton, a maior base ativa da Força Aérea Real, localizada no sudeste do país, cerca de 120km de Londres. O voo foi realizado em suporte à retirada das tropas britânicas no Afeganistão. 

No vídeo publicado pelo canal Aviation Highlights, a aeronave com mais de 80 metros de comprimento é vista taxiando para a cabeceira. Nos 02:38, a cerca de madeira onde estavam diversos spotters cinegrafistas e demais populares é derrubada pela força dos motores Progress D-18 acelerados para a decolagem da aeronave. 

Ao final do vídeo, o cinegrafista brinca com os militares da RAF que foram averiguar os danos: “vocês terão que enviar uma conta aos russos!

Fotógrafos e cinegrafistas correm depois que a cerca é derrubada pelos motores do An-225.

Um incidente “parecido” ocorreu em setembro de 2019 na Bélgica, quando um caça Sukhoi Su-27P1M da Força Aérea Ucraniana derrubou cercas e espectadores quando taxiava para decolar. 

Confira: 10 curiosidades sobre o Antonov An-225.

DEIXE UMA RESPOSTA