Aeroportos News

FAB e Prefeitura de SP assinaram acordo para criação de parque e museu aeroespacial

Foto - Infraero

Nesta segunda-feira (07/08), foi assinado na capital paulista o protocolo de intenções entre o Comando da Aeronáutica, por intermédio do Ministério da Defesa, e a Prefeitura de São Paulo. A formalização do documento disponibiliza uma área cedida pela Força Aérea Brasileira (FAB) para a criação de um parque e de um museu aeroespacial no Campo de Marte (SP). A área destinada será para uso público e conta com cerca de 400 mil metros quadrados e corresponde a 20% da área total do aeroporto, situado na zona norte da capital.

A cerimônia de assinatura contou com a presença de autoridades civis e militares. O Presidente da República, Michel Temer, destacou em seu discurso a conquista do espaço no Campo de Marte e convidou as empresas a colaborarem com o projeto. “O ato assinado hoje é uma conquista histórica. Convido a iniciativa privada a colaborar com esse feito que será orgulho de todos nós brasileiros,” acrescenta.

O prefeito de São Paulo, João Doria, também destacou que o dia de hoje ficará na história da cidade. “O Comando da Aeronáutica trabalhou muito para que essa área fosse cedida para a cidade. Esse será o centésimo oitavo parque que São Paulo sediará. A partir de hoje esse documento nos permite acesso para começarmos os trabalhos”, enfatizou.

A expectativa é de que o parque possa ser utilizado para atividades esportivas, culturais e de recreação, além de receber a visita de moradores e turistas. Com cerca de 30 mil metros quadrados, o Museu “Santos Dumont” deverá contar com um grande acervo de aviões, fotos, publicações e relíquias da história da indústria e de personagens da aviação brasileira.

O projeto estava há três anos sendo analisado pela Aeronáutica. O Comandante do Quarto Comando Aéreo Regional (IV COMAR), Major-Brigadeiro do Ar, Luis Roberto do Carmo Lourenço, disse que essa será mais uma opção de cultura, lazer e esporte. “Essa é uma conquista tanto para a sociedade paulistana quanto para os turistas”.

A partir da assinatura do protocolo em, no máximo, 90 dias, haverá a formalização do termo de concessão da área e o lançamento das pedras fundamentais do parque e do museu.

Via – Força Aérea Brasileira

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This