Foto - Lufthansa
Aeroporto de Munich é o mais afetado pela greve desta quarta. Foto – Lufthansa

Os principais aeroportos alemães, que inclui Frankfurt, Munich, Düsseldorf, Cologne/Bonn, Dortmund, e Hanovervai  estão sendo atingidos por uma greve nesta quarta-feira, 27 de abril. O sindicato alemão “Verdi” pediu greves nas áreas de serviço de solo para aeronaves, controle de embarque e desembarque de passageiros e nos serviços de combate a incêndio. O sindicato acredita que funcionários do setor público merecem um aumento salarial de 6%.

Como resultado da greve, diversos voos estão sendo cancelados nesta quarta-feira em Frankfurt, a principal base da Lufthansa e em Munique.  Em Frankfurt o impacto será menos efetivo do que em outros aeroportos, já que os trabalhadores do setor de combate a incêndio decidiram manter uma parte do serviço ativo mesmo durante a greve. Como resultado, a Lufthansa planeja operar a maioria de seus voos internacionais partindo Frankfurt.

O aeroporto de Munique cancelou todos os serviços intercontinentais partindo do aeroporto, devido à extensa greve que irá durar um dia inteiro e paralisar grande parte das operações em solo.  Trabalhadores em solo do aeroporto de Cologne irá manter a greve durante todo o dia, incluindo a parte noturna das operações. No Aeroporto de Hannover houve greve de 04h30 até às 15h00.

A Lufthansa, principal companhia aérea da Alemanha, recomendou que todos os seus passageiros verifiquem constantemente o status do seu voo. A companhia irá oferecer toda a assistência possível para aqueles que foram afetados pela greve.

COMPARTILHAR