A Saab relatou que o desenvolvimento do Gripen E, mesma versão do NG, está de acordo com o cronograma da empresa.

Dessa forma a Saab entregará os dois primeiros aviões no 3º trimestre do próximo ano, sendo um para a Força Aérea Brasileira e outro para a Força Aérea Sueca. Antes de tudo isso a aeronave precisa passar pelo período de testes, e obter as certificações de capacidade militar inicial e final.



De acordo com a Saab, os testes estão evoluindo e sem maiores problemas, inclusive superando a expectativa dos engenheiros que projetaram o novo caça.

A empresa também reforçou que está negociando o Gripen E com outras nações, como Canadá, Finlândia e Suíça.