A Airbus entregou o primeiro A330-900neo da Delta Airlines, de 35 aeronaves que a companhia encomendou.

A Delta vai utilizar o novo avião da Airbus para substituir o Boeing 767-300ER em voos de média e longa distância. A aeronave também vai complementar a oferta já oferecida pelo A350XWB e o A321.

Em parceria com a Airbus, a Delta realizou o voo de entrega utilizando um combustível sintético, para testes. A aeronave voou direto de Toulouse, na França, para Atlanta, sede da Delta nos EUA.

A Delta será a primeira operadora do modelo nos Estados Unidos, que oferece:

• Interior moderno e luxuoso, com 281 assentos e todas as quatro classes da marca: Delta One Suites (29 assentos), Delta Premium Select (28 assentos), Delta Comfort+ (56 assentos) e Main Cabin (168 assentos);
• Conveniências como: conexão para carregar equipamentos no assento, iluminação ambiente LED de espectro total, compartimento superior espaçoso e almofadas de espuma de memória em toda a aeronave para maior conforto do passageiro;
• Milhares de horas de entretenimento gratuito em telas na parte traseira dos assentos com o novo sistema IFE sem fio da Delta Flight Products;
• Conexão de internet de alta velocidade 2Ku, incluindo mensagens móveis gratuitas pelo iMessage, WhatsApp e Facebook Messenger;

A aeronave A330-900neo também reduz a emissão de carbono das viagens, com eficiência de combustível por assento acima de 20% em relação aos modelos da geração anterior.

A Delta inicialmente utilizará os seus A330-900neo no Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma, onde operará com esse avião voos para Xangai, Seul e Tóquio/Narita. 

 

O Airbus A330neo

Equipado com motores Rolls-Royce Trent 7000, o A330neo é oferecido às companhias aéreas em duas versões. Com acomodação para 257 passageiros (A330-800neo) e 287 passageiros (A330-900neo), no padrão da Airbus, as companhias podem optar pela sua própria configuração interna.

O Trent 7000 da Rolls-Royce é o único motor disponível para o A330neo, com o dobro da relação de bypass do Trent 700 que alimenta o A330ceo, a Rolls-Royce disse que o Trent 7000 reduz o consumo de combustível em até 10%, com todas as alterações a redução deverá ser de 15%, em relação à geração anterior.

O A330neo também é equipado com o novo interior Air Space da Airbus, preparado exclusivamente para essa nova geração do A330neo.

A Airbus já registrou 235 pedidos firmes para o A330neo. No Brasil a Azul encomendou 5 unidades do A330-900neo.