Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

O governo da Argentina anunciou na última terça-feira (5), o fim da restrição da entrada de estrangeiros no país por cotas e da obrigação de testes obrigatórios de Covid nos aeroportos argentinos.

As novas medidas entrarão em vigor a partir do dia 19 de outubro e contempla os estrangeiros que desejam visitar o país. Para isso, será necessário apresentar uma declaração comprovando estar imunizado com 14 dias de intervalo desde a segunda dose. Todas as vacinas serão aceitas.

Com a restrição vigente desde 25 de dezembro de 2020, o governo argentino definiu um limite diário de 2 mil pessoas ingressarem no país através do Aeroporto Internacional de Ezeiza (EZE), sendo o único aeroporto para a entrada no país.

Além disso, será necessário apresentar também um exame PCR negativo feito 72 horas antes do embarque, com a necessidade de um novo entre o 5º e 7º dia caso permaneça no país em um período superior a cinco dias.

Para aqueles que estão com a imunização incompleta, incluindo os menores de 6 anos, a entrada na Argentina será permitida, mas será necessário a realização de uma quarentena por uma semana.

DEIXE UMA RESPOSTA