Boeing 737 MAX Aerolineas Argentinas Argentina

A Argentina autorizou o Boeing 737 MAX a realizar voos no país, com a nova certificação o país se tornou o quarto na América Latina em autorizar os voos com o 737 MAX. A Aerolineas Argentinas será a companhia beneficiada da nova autorização, já que a companhia é a única no país a utilizar o modelo.

Atualmente a Aerolineas Argentinas possui 5 modelos na frota, todos da versão MAX 8. Com a inclusão da Argentina, agora todos os países da América Latina que possuem o Boeing 737 MAX em suas frotas estão aptos a voar. A nova autorização é valida para companhias aéreas argentinas e de fora do país.

A Agência Nacional de Aviação Civil Argentina(ANAC), seguiu as normas e recomendações que a Federal Aviation Administration(FAA) emitiu ainda em 2020. Como escrito nas recomendações, a agência aprovou junto a Aerolineas os novos treinamentos específicos para pilotos no 737 MAX. 

Ao todo, cerca de 14 companhias aéreas estão operando voos regulares com o Boeing 737 MAX em todo o mundo. Mesmo com uma certa lentidão, o modelo pode operar em praticamente todo o continente americano. Há países como a Austrália que mesmo sem operar nenhum MAX, autorizou o modelo a voar no país.

Segundo a imprensa argentina, a Aerolineas já estava treinando seus pilotos com as novas recomendações e exigências desde o mês de janeiro, já aguardando uma breve autorização. Até antes da paralização dos voos com o modelo, a Aerolineas operava o 737 MAX em algumas rotas internacionais no Brasil, é possível que seja retomado.  

Do outro lado é bem provável que a GOL coloque a aeronave em rotas para a Argentina, quando forem retomados os voos internacionais da empresa, anteriormente operava voos para Quito e poucos voos para Buenos Aires. A Copa Airlines também é outra empresa que tem realizado voos internacionais com o MAX, a empresa mantem voos com o modelo para São Paulo.