A Azul, em reunião com o Governador do Acre, Gladson Cameli, firmou um acordo de retorno dos voos da companhia para Rio Branco, capital do estado.

“Em breve teremos a oportunidade de voar para Porto Velho da maneira que merecemos, sem precisar ir até Brasília e perder horas de voo e conexão”, disse Gladson Cameli em uma publicação em sua página do Facebook.

As operações ainda serão negociadas, e não há data para o início do voo para Rio Branco. Vale ressaltar que anteriormente a Azul operou no local, mas cancelou seus voos em 2016 alegando baixa demanda no destino.

O voo possivelmente será realizado com o novíssimo Embraer E195-E2, com capacidade para 136 passageiros em Classe Única, de acordo com o presidente da Azul, John Rodgerson, esse avião apresenta a solução para voos de baixa demanda, mas sem prejudicar o lucro da empresa.

Gladson também está negociando voos de Rio Branco para outras cidades do país, com a Azul Linhas Aéreas.