Akbar Al Baker, CEO da Qatar Airways, já é conhecido pelas polêmicas, desde quando criticou publicamente o A320neo pelos inúmeros problemas no lançamento da aeronave, na ocasião a Qatar era a cliente de lançamento e recusou a entrega do primeiro avião.

Mas agora o CEO da Qatar realizou outro pronunciamento polêmico, dessa vez em Dublin, enquanto lançava o novo voo da Qatar. Ele simplesmente chamou as companhias aéreas dos Estados Unidos de “grande porcaria” e chamou as comissárias das companhias de “avós”, citando para isso a idade média das comissárias da Qatar, que é de apenas 26 anos.

Todo o público que estava presente sorriu do pronunciamento, mas o vice-presidente de serviço de voo da American Airlines, uma das companhias americanas que tem seus tripulantes com idade média bem maior, não gostou e criticou publicamente o CEO da Qatar.

A Air Line Pilots Association disse que a fala de Al Baker foi “Insultante, desrespeitosa e infantil”. Enquanto isso o grupo AFA-CWA, de comissários de bordo, classificou como discriminação o ato do CEO, reiterando que os clientes da companhia “apoiam atos de racismo, sexismo e preconceito”.