Foto - AP Press/Reprodução

Oscar Munoz, atualmente CEO da United Airlines e conhecido também por ter se envolvido em alguns problemas em 2017, declarou que se recusou a receber o bônus anual pago pela companhia aérea devido aos lucros.

Segundo ele a explicação para isso é dar um bom exemplo aos funcionários, visto que na administração de 2017 houveram contratempos que mancharam a imagem da empresa.

“Tivemos alguns sucessos incríveis em 2017, mas também alguns contratempos. Eu pessoalmente aprendi muito com todas essas experiências, e estou mais determinado do que nunca para alcançar o que nos comprometemos a fazer”, disse Oscar Munoz.

Além disso sua remuneração com ações e premiações caiu em 2017, de US$ 18,7 milhões para US$ 9,6 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA