Depois da Air China anunciar seus planos de expansão até 2020, a China Southern Airlines respondeu e anunciou uma expansão ainda maior, com 309 aviões novos até 2020.

Somente neste ano a China Southern receberá 115 novos aviões, assim como a Air China, boa parte modelos narrowbody, como o Boeing 737 (61) e o Airbus A320 (39). Somente 29 aviões serão aposentados.

Em 2019 a companhia receberá mais 105 aviões, e aposentará outros 29. Já em 2020 a companhia colocará em sua frota mais 89 aeronaves, sendo que aposentará apenas 29 aviões.

Com isso a frota da companhia saltará de 754 aviões, no fim de 2017, para 916 aviões, no fim de 2020, um crescimento bastante expressivo e pouco visto no meio aeronáutico.

Esses dados contemplam a frota de todo o grupo da China Southern, incluindo as subsidiárias.