Com 95 aviões Embraer ERJ na frota, ExpressJet fecha as portas nos Estados Unidos

ExpressJet

A ExpressJet anunciou nesta semana, no dia 30 de setembro, que este seria o seu último dia operando voos.

O último voo realizado pela companhia utilizou um Embraer ERJ-145LR de matrícula N12900, operando o voo EV4001 de Memphis para Houston, no Texas.

A United agora vai operar única e exclusivamente com a CommutAir, com sede em Ohio. A frota de Embraer ERJ-145 vai continuar sendo operad,a porém com a companhia concorrente da ExpressJet. A Express operava com cerca de 95 aviões Embraer ERJ na sua frota.

“Devido à incerteza das viagens de passageiros das companhias aéreas como resultado da pandemia contínua, todos os voos ExpressJet voando para a United Airlines terminarão em 30 de setembro de 2020”, disse a companhia anteriormente em comunicado.

A ExpressJet é uma empresa que tem a administração divida entre a Mana Air e a United Airlines. Com cerca de 2.800 funcionários a empresa operava aproximadamente 3.300 voos para a United a partir das bases Chicago (ORD), Cleveland (CLE), Houston (IAH), Knoxville (TYS) e Newark (EWR).

 

DEIXE UMA RESPOSTA