Departamento de Estado dos EUA aprova possível atualização de caças F-16 chilenos

F-16A MLU da Força Aérea Chilena puxando uns Gs após decolar da ALA 10

O Departamento de Estado dos EUA aprovou uma possível atualização dos caças F-16 Fighting Falcon da força aérea chilena, o custo estimado dessa atualização é estimado em US$ 634,70 milhões.

A possível venda está sendo realizda pelo programa US Military Military Sales (FMS). A Agência de Cooperação em Segurança de Defesa (DSCA), entregou ao congresso a notificação de venda, contudo. Contudo, o congresso dos EUA deve aprovar essa venda

Caça F-16 Fighting Falcon da Força Aérea do Chile (Foto- Aeroflap)

De acordo com o site Def Post, governo chileno fez um pedido de compra de equipamentos destinados a modernização de seus caças F-16, seriam seis (6) corpos de bombas inertes para uso geral MK-82 (500LB); dois (2) grupos de folhas de ar MXU-650KB (AFG); quarenta e quatro (44) GPS / INS incorporados LN-260 (EGI); quarenta e nove (49) rádios táticos conjuntos do sistema de distribuição de informações multifuncionais (MIDS JTRS). Também estão incluídos aviônicos e upgrades, integração e teste de equipamentos e software do Modo 5; software e suporte de software; Rádios ARC-238; Altímetros de radar de altitude combinada (CARA_, entre outras atualizaçãoes.

No entanto, apesar do alto valor dessa compra, a venda significa apoio as metas políticas e diplomáticas entre o Chile e os EUA, que são importnates parceiros comerciais e o setor bélico não está fora disso.

 

DEIXE UMA RESPOSTA