A GOL Linhas Aéreas revisou hoje, durante um anúncio do seu resultado financeiro para o segundo trimestre de 2018, as suas perspectivas gerais e projeções financeiras para os anos de 2018 e 2019.

Dado o recente aumento nos preços de petróleo, a apreciação da moeda dólar, e a incorporação das aeronaves 737 MAX 8, que consomem 15% menos combustível comparada com a aeronave 737 NG, a GOL ajustou suas estimativas para 2018 e 2019.

As projeções financeiras da Companhia destacam as principais métricas que impactam os
resultados financeiros e o valor aos acionistas no longo prazo.

A GOL fornece informações prospectivas com foco nas métricas mais relevantes que a companhia utiliza na avaliação de desempenho do seu negócio. Estes indicadores são úteis para analistas e investidores projetarem os resultados da GOL.

Estas perspectivas financeiras poderão ser ajustadas visando a incorporar a evolução do
desempenho operacional-financeiro da GOL e eventuais mudanças na economia brasileira e no mercado em que a GOL atua, incluindo variações do crescimento do PIB, taxa de juros, câmbio, e tendência do preço de petróleo (WTI e Brent).

Vale destacar da Tabela Abaixo a melhora na perspectiva de receita líquida da empresa ainda para 2018, um aumento no preço do combustível de R$ 2,5 o litro para R$ 2,9, bem como um maior gasto com o arrendamento de aeronaves e nas despesas financeiras.