Governo português paga de forma adiantada parcela do KC-390 encomendado para a FAP

Arte do KC-390 de Portugal

O governo de Portugal pagou uma das parcelas em relação ao KC-390 de forma adiantada. O ministro da Defesa Nacional, Gomes Cravinho, disse ontem (16/11), que uma das parcelas foi paga.

Ao todo são 827 milhões de euros para cinco aviões Embraer KC-390 que vão equipar a força aérea do país no âmbito da aviação de transporte logística da FAP.

O primeiro KC-390 já está na linha de montagem da Embraer em Gavião Peixoto-SP e fotos da construção do primeiro KC-390 foram publicadas recentemente.

KC-390 da FAP na linha de montagem – Foto via Whatsapp autor original desconhecido

Portugal se tornou o primeiro cliente internacional do KC-390 e é o maior colaborador do programa, tanto que no Parque da Indústria Aeronáutica de Évora, em Portugal, são produzidas as longarinas das asas, os painéis de revestimento das asas, assim como o estabilizador vertical e o estabilizador horizontal do avião.

A OGMA, empresa portuguesa contratada pela Embraer vai fornecer anéis da fuselagem central, as carenagens dos trens de pouso principais (sponsons), as portas dos trens de pouso principais e o profundor.

O pagamento adiantado das parcelas por parte de Portugal pode ser rum despertar para outras compras vindas da Europa.

Hoje a Hungria se tornou o segundo cliente internacional a comprar o C-390 Millennium, o acordo foi assinado hoje (17/11) com a Embraer para o fornecimento de duas aeronaves C-390 para a força aérea húngara.


Arte KC-390 Millennium com as cores da força aérea da Hungria- Foto/Arte: Embraer

No entanto, o maior cliente do KC-390 ainda é a FAB que vai ter uma frota de 28 exemplares da aeronave multimissão, sendo que três já foram entregues.

 

DEIXE UMA RESPOSTA