Major Aviador Abdon de Rezende Vasconcelos voou o F-39E FAB4100 no Brasil. Foto: Robin Gustafson/Saab.

Em mais um importante passo para a implantação do Gripen no Brasil, o Major Aviador Abdon de Rezende Vasconcelos, piloto de provas da Força Aérea Brasileira, voou no F-39E Gripen matrícula 4100, tornando-se o primeiro aviador da FAB a pilotar o novo caça brasileiro no país. A informação foi divulgada pela Saab e a FAB em suas redes sociais na tarde de sexta-feira (18).

https://twitter.com/saabdobrasil/status/1438940657951850503

O 4100 é o primeiro de 36 Gripens entregues à FAB. Sua chegada ao país, a bordo do navio MV Elke, completará exatamente um ano na segunda-feira (20). A aeronave vem sendo usada na campanha de certificações do modelo a partir do Centro de Ensaios em Voo do Gripen, nas instalações da Embraer em Gavião Peixoto (SP).

Na quinta-feira, o Vice-Presidente de marketing e vendas da área de negócios aeronáuticos da Saab, Mikael Franzén, informou que dois dos quatro primeiros caças de produção em série já estão prontos e serão enviados ao Brasil no final de novembro, também por via marítima.

O Major Abdon passou cinco meses na Suécia treinando com a Força Aérea Sueca e a própria Saab para voar o novo caça brasileiro. A preparação do piloto da FAB foi registrada pela fabricante do caça na série “Treinamento para pilotar o Gripen”. Confira os vídeos.

A série também relata a preparação do Tenente-Coronel Cristiano de Oliveira Peres, que em agosto de 2020, tornou-se o primeiro piloto da FAB a voar o Gripen E.

DEIXE UMA RESPOSTA