Iberia retira definitivamente mais um avião quadrimotor da sua frota

Iberia

O Airbus A340 é um clássico da frota da Iberia. Durante muitos anos a companhia utilizava diversas versões do quadrimotor para seus voos de longa distância.

Mas a pandemia fez a companhia mudar vários planejamentos, pela baixa demanda de passageiros principalmente em voos internacionais. Como resultado, a Iberia decidiu antecipar a aposentadoria do A340, e dar espaço para o moderno A350XWB.

O último voo foi operado por um A340-600 de matrícula EC-JLE, que voou de Quito para a base da empresa em Madri, na Espanha.

Curiosamente o batismo encerrando as operações, como vocês podem acompanhar no vídeo acima, aconteceu pouco antes da aeronave da Iberia partir do Aeroporto de Quito, no Equador. No seu último voo o A340-600 transportou cerca de 296 passageiros, mesmo nessa condição de pandemia.

A Iberia já operou com cerca de 39 aviões dos modelos A340-300 e A340-600 ao longo dos últimos 24 anos. Os A340-300 foram os primeiros a sair da frota em massa, a partir de 2015, quando a companhia colocou no lugar o A330-300.

Ao mesmo tempo, a Iberia está atrasando as suas entregas para o Airbus A350 e o A320neo, visto que por enquanto não precisará de novas aeronaves.

O CEO da Iberia, Luis Gallego, disse que a companhia não espera receber muitos aviões nos próximos cinco anos, e que a frota da companhia deve operar de forma reduzida.


 

DEIXE UMA RESPOSTA