via REUTERS

Imagens de satélite mostram o antes e depois da região que foi palco de uma forte explosão ocorrida ontem, dia 04, em Beirute, capital do Líbano.

Segundo dados do Observatório Sismológico da Jordânia, a explosão causou um energia equivalente a um terremoto de 3,5 graus na escala richter de magnitude.

De acordo com o primeiro-ministro do país, “o armazenamento inadequado de 2.750 toneladas de nitrato de amônio causou a explosão”, que deixou muitos feridos e dezenas de mortos.

Contudo, ajudas humanitárias já estão a caminho, a Rússia enviará cinco aviões com os devidos apoios para o país.

No entanto, não é só por parte dos russos que a ajuda será enviada. Os EUA, França, Alemanha, Reino Unido, Egito, Israel e Catar enviarão ajuda ao país.

Uma investigação mais detalhada será realizada para concluir o que de fato aconteceu para provocar tamanha explosão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA