Caças Rafale, MIrage 2000-5F e Mirage 2000D voam com um A330 MRTT Phénix. Foto: Airbus.

Segundo o portal indiano Hindustan Times, a Força Aérea Indiana (IAF) está em conversas com o governo da França para o leasing de seis reabastecedores Airbus A330 MRTT. Uma aeronave será arrendada inicialmente, visando o treinamento das tripulações, aumentando com outras cinco mais tarde. 

“Com a IAF buscando os reabastecedores A330 para seu futuro, é natural que seus pilotos sejam treinados com antecedência para manusear a aeronave, já que o reabastecimento em pleno ar é um processo de precisão com margem zero de erro e enormes riscos”, disse um oficial da Força Aérea Indiana.

O arrendamento será feito através de um acordo governo a governo, com a IAF já emitindo uma solicitação de informações para uma única aeronave, enquanto uma solicitação de propostas será usada para os outros cinco aviões-tanque adicionais. O assunto foi discutido durante a visita do Chefe de Estado-Maior da IAF, Marechal do Ar RKS Bhadauria, à França na semana passada.

A330 MRTT da RAF (Voyager KC.Mk 3) reabastecendo um A400M Atlas. Foto: Airbus.

Atualmente a IAF conta com seis reabastecedores Il-78 Midas na sua frota, adquiridos em 2002. De acordo com o site Aerotime Hubo A330 MRTT foi escolhido como vencedor em duas disputas para um novo avião-tanque, em 2009 e 2016, mas a Índia nunca fechou nenhum contrato.

Em janeiro desse ano a França enviou quatro caças Rafale, dois Airbus A400 Atlas e um A330 MRTT Phénix para a Índia durante o exercício Desert Knight 2021. Além disso, a França usou o A330 no traslado dos Rafales indianos, com apoio de outro MRTT dos Emirados Árabes Unidos. 

Caças F-15C e F-15E da Força Aérea Americana acompanham o reabastecimento em voo de um Su-30MKI Flanker-H e um Il-78 Midas da Força Aérea Indiana durante a Red Flag 08-03. Foto: Ministério da Defesa Indiano.

No dia 28 do mesmo mês, o Presidente Jair Bolsonaro chegou a anunciar em live a aquisição de dois A330 MRTT para a Força Aérea Brasileira, o que mais tarde veio a ser cancelado pelo governo.

Apesar da negativa, o Brigadeiro Baptista Junior, atual comandante da FAB, afirmou no Twitter que a organização buscava outras maneiras de obter o financiamento para a aquisição do modelo. 

O A330 MRTT está em serviço na OTAN, França, Coréia do Sul, Reino Unido, Emirados Árabes, Singapura, Arábia Saudita e Austrália.

Conheça mais sobre o modelo.