O presidente Jair Bolsonaro, em live realizada nessa quinta-feira (28/01), afirmou que a Força Aérea Brasileira (FAB) está adquirindo cargueiros do modelo Airbus A330.

O trecho da live realizada, foi compartilhada pelo Comandante Geral de Apoio da FAB, Brigadeiro Baptista Jr, em seu Twitter, onde o presidente fala que estariam vindo dois cargueiros “A230”, como o Bolsonaro costuma errar nas suas declarações suponhamos que sejam os A330MRTT, ou o A330F.

Os aviões serão alocados no 2º/2º Grupo de Transporte (2º/2º GT), que fica sediado na Ala 11, no Aeroporto do Galeão (Rio de Janeiro). Esses dois A330 serão adquiridos por R$ 500 milhões, de acordo com o presidente, de uma verba derivada de acordos de leniência da Lava Jato.

Um possível A330 é a aeronave ideal para substituir os antigos KC-137 da FAB, aposentados em 2013 e que tinham como base o Boeing 707. Além disso, será um substituto oficial do Boeing 767 cargueiro que a FAB utilizou até 2018, mas era alugado e foi devolvido ao final do contrato.

Durante a pandemia o Governo Brasileiro precisou utilizar o serviço das companhias aéreas para transportar cargas em voos de longa distância, como no início da pandemia, em que os aviões Boeing 777 da LATAM fizeram uma ponte aérea da China para o Brasil transportando máscaras.

Ainda neste momento, o transporte de vacinas e insumos também conta com o auxílio de companhias aéreas nacionais e internacionais.

A FAB, por sua vez, conta com os cargueiros C-130/KC-130 e C-390, sendo que este último é recém-lançado pela Embraer, e tem capacidade de levar até 26 toneladas em voos de curta e média distância.


Vale ressaltar que o contrato ainda está sendo realizado, e a informação foi adiantada pelo próprio Presidente da República. Posteriormente a FAB divulgará maiores detalhes sobre a encomenda, se possível.

 

O Airbus A330 MRTT

O A330 como a própria sigla (Multi Role Tanker Transport) diz, pode cumprir diversas atividades como reabastecimento aéreo, transporte de tropas e pode transportar uma carga útil máxima de até 45 toneladas, combinando a cabine de passageiros e o convés inferior.

Quando transportando somente passageiros, a sua capacidade máxima é de até 300 passageiros;

Além disso, o A330MRTT também pode realizar missões que exigem voos de longa distância, entre continentes, algo não possível com os atuais aviões da FAB, mais adequados para missões internas. O alcance do A330 MRTT é de até 8334 km com carga máxima.