Infraero Aeroporto de Belém

O Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans (PA) promove, a partir do dia 29 de outubro, a 7ª Edição da Campanha Livro Viajante. A ação, em homenagem ao Dia Nacional do Livro, tem como objetivo estimular o hábito da leitura e conta com parceria da Imprensa Oficial do Estado do Pará, por meio do projeto “Portal do Conhecimento”.

O Livro Viajante, ação realizada pela Infraero desde 2013, surgiu a partir do BookCrossing, conceito que nasceu nos Estados Unidos em 2004 e pode ser definido como a prática de deixar um livro num local público, para que outros o encontrem, leiam e voltem a deixá-lo em local público para que outra pessoa também possa ter acesso à obra.

Ao todo, cerca de 1.500 livros, dos mais variados gêneros, estarão identificados com o selo da campanha e à disposição dos passageiros nas salas de embarque do terminal paraense até o dia 5 de novembro. Parte desses exemplares foi doada pelos participantes da 6ª Edição do Spotter Day Infraero, que ocorreu no aeroporto belenense em junho deste ano.  

O superintendente de Val-de-Cans, Fábio Rodrigues, destaca que o projeto Livro Viajante “é gratificante pois incentiva e proporciona ao passageiro que passa pelo aeroporto um momento de leitura. A ideia é fazer com que a obra escolhida como companheira de viagem seja deixada no próximo aeroporto de destino. Dessa forma, permitimos que aquele livro viaje todo o País e o mundo, multiplicando conhecimento e disseminando cultura”, reforçou.

Para abrilhantar ainda mais a campanha, no dia 30/10, a partir das 14h30, haverá uma tarde de autógrafos com o escritor e compositor paraibano, Luis Peixoto Ramos.

Na ocasião, o escritor estará caracterizado do seu mais conhecido personagem, o Jabutigão e fará a doação de 30 exemplares autografados de suas principais obras.

São elas: Felicidade e outros contos; Jabuti Encantado; Um conto de fada amazônico; Conversando com as frutas da Amazônia e Um peixinho chamado Arco-íris.

DEIXE UMA RESPOSTA