Israel está interessado na aquisição de caças F-22, mas isso não é nada fácil de acontecer

F-22 Raptor- Foto: USAF

Quando foi oferecido aos Emirados Árabes Unidos os caças furtivos F-35 Lightning II, os israelenses não gostaram muito em ter um país na região com o mesmo caça de 5ª geração. No entanto, parece que o governo israelense está mudando de opinião, mas isso pode depender de uma difícil autorização.

A proposta israelense, segundo o jornal local Haaretz seria a venda de caças F-22 Raptor para Israel. De acordo com o jornal oficiais de defesa disseram que buscaram compensação: “removendo obstáculos” para comprar caças stealth F-22 Raptor mais antigos, projetados para maior capacidade de combate ar-ar do que o F-35.

F-22 Raptors da USAF Foto- U.S. Air Force Tech Sgt. Carlin Leslie

No entanto, somente os EUA tem o caça que não é vendido para ninguém e dificilmente a USAF iria se desfazer de sua frota de caças que hoje somam aproximadamente 187 unidades. Além disso, não estão fabricando mais caças Raptor para os EUA. 

Atualmente a venda do caça “não está na mesa” o que realmente era de se esperar, visto a complexidade em torno deste caça.

Tanto o secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper quanto ao ministro da Defesa israelense, Benny Gantz, se encontram na sexta passada e este assunto supostamente veio em pauta.

Caças F-22 Raptor
Foto – USAF/Reprodução

Contudo, não é só Israel que já observou com outros olhos o F-22 Raptor, outro grande parceiros dos EUA, o Japão, que também já comentou sobre F-22 com autoridades norte-americanas, mas pelo visto não deu muito certo, e o Japão está partindo para o desenvolvimento de seu próprio caça de sexta geração.

 

Fonte de apoio: Forbes


Edição: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA