F15EX na linha de montagem- Foto/Divulgação; Boeing

A empresa Raytheon Intelligence & Space, foi selecionada pela Boeing para fornecer o radar APG-82 (V) 1 eletronicamente escaneado (AESA) para o F-15EX, a mais nova versão do caça F-15.

“O F-15 mais avançado já construído exige o radar AESA mais avançado disponível”, disse Michelle Styczynski, diretora sênior da linha de produtos F-15 da Raytheon Intelligence & Space. “O radar APG-82 (V) 1 não só é mais capaz do que nunca, como também foi comprovado em combate – já voou em vários cinemas em todo o mundo. Nossa linha de produção está instalada e funcionando, e estamos prontos para fornecer essa capacidade revolucionária hoje. ”

Um dos destaques do radar APG-82 (V) 1 é de rastrear múltiplos alvos simultaneamente e em grandes distâncias, o que ajuda o trabalho do piloto.

Arte do F-15X da Boeing Foto: Boeing

De acordo com o contrato entre as empresas entrega dos radares deverá ser cuncluída até o ano de 2022.

O F-15EX é a versão mais recente do F-15. A USAF vai usar este caça para substituir a antiga grota de caças F-15C/D.

Inicialmente oito unidades foram compradas. Contudo, o esperado são 76 unidades do caça que serão entregues nos próximos anos.

Entre as novidades presente no F-15EX está o Open Mission Systems (OMS), este sistema possibilita que mais tecnologias sejam instaladas no caça. Além disso o caça será equipado com um sistema de controle de voo fly-by-wire e novos sistemas de guerra eletrônica (EW).


Arte do Boeing F-15EX,-Foto/Divulgação: Boeing

A construção das duas primeiras unidades do novo F-15 começou em agosto e recentemente a GE entregou os primeiros motores do caça.

 

Fonte de apoio: Def Post/ Edição: Aeroflap

 

DEIXE UMA RESPOSTA