Ryanair quer negociar encomenda para o Boeing 737 MAX 10

737 MAX 10
Foto - Boeing

A Ryanair declarou recentemente o quanto gosta do Boeing 737 MAX, e disse que espera receber muitas unidades da aeronave para utilizar em 2021.

No entanto, a empresa está analisando realizar ainda em 2020, apesar da crise, uma grande encomenda para o 737 MAX 10, a maior versão do novo narrowbody da Boeing.

A expectativa é de uma encomenda realizada com grande desconto, ou como uma parte de compensação da Boeing pelos atrasos na entrega dos 737 MAX 200 da Ryanair.

Ainda não há uma quantidade certa de aviões que serão encomendados, mas a Ryanair opera com mais de 400 aviões Boeing 737-800, e tem encomendas firmes para “apenas” 135 unidades do 737 MAX 200. A Ryanair não planeja diminuir a sua frota de aviões, aliás, em 2019 foi a que mais transportou passageiros na Europa.

 

O Boeing 737 MAX 10

Para criar o 737 MAX 10 a Boeing acrescentou mais uma seção e meia na fuselagem do 737 MAX 9, aumentando o tamanho do avião em 1,68 metros, dessa forma a capacidade máxima da aeronave saltará de 220 passageiros para 230.

Em comparação, um 737 MAX 200 da Ryanair transporta 197 passageiros, ou 8 a mais em comparação com o 737 MAX 8, que tem o mesmo tamanho.

O motor será o mesmo que equipa o 737 MAX 9. Dois CFM Leap-1B, com 28 mil lbs de empuxo (cada), serão responsáveis pela propulsão do jato.


Uma leve alteração no trem de pouso foi realizada, para evitar o tail strike nos procedimentos de decolagem e pouso. A altura será ampliada através de uma alteração no amortecedor da aeronave, permitindo manter o mesmo compartimento do trem de pouso das outras versões.

Atualmente, o 737 MAX 10 tem mais de 550 pedidos e compromissos de mais de 20 clientes em todo o mundo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA