A SAAB conduziu nesta quinta-feira (28/01), um evento online que abordou informações a respeito do caça Gripen E e de seus principais sistemas e sensores de contramedidas do caça. Outro assunto falado na live foi a respeito do Global Eye, a aeronave da SAAB de alerta aéreo aproximado (AEW&C) que usa sensores para uma melhor vigilância aérea.

  • Gripen – A virada do jogo;
  • Respostas a ameaças usando distribuidores de contramedidas;
  • GlobalEye – tornando a conscientização um ativo nacional importante;

No assunto relacionado ao Gripen, um dos palestrante foi o chefe dos piloto de testes, Marcus Wandt, ele explicou que o caça Gripen E sobre os recursos modernos da aeronave, como por exemplo, a tela WAD do caça, que é de fabricação brasileira.

Wandt explicou que os aviônicos do cockpit trazem um maior conforto e facilidade de trabalho ao aviador.

Outro aspecto relatado na live foi sobre alguns sensores do caça para a alto defesa, como por exemplo, o chaff/flare.

Durante a apresentação foi falando também sobre as proteções do caça contra mísseis. Wandt explicou que os aviônicos do cockpit trazem um maior conforto e facilidade de trabalho ao aviador.

Gripen E-Foto/Divulgação- SAAB

O radar infravermelho (IRST), que alerta a aproximação de alguma armamento guiado por calor, outros aspecto relevante é o radar principal do caça, o AESA ES-05.

Global Eye:

GlobalEye
GlobalEye,

Na parte destinada ao Global Eye foi dito que a aeronave que é baseada no Bombardier Global 6000, que foi modificado para missões radar.

Uma das características do Global Eye é a identificação de objetos tanto no ar, terra e mar. O Sensor eletro-óptico na parte inferior pode fazer imagens precisas para uma melhor vigilância e ataque.

Aeronave de alerta aéreo, GlobalEye- Foto: SAAB

A integração que o Global Eye pode proporcionar também é um diferencial, em um futuro próximo estas serão as duas plataformas de defesa e vigilância da força aérea sueca. A parte da defesa será com os novos Gripen E e a da vigilância com os Global Eye.

Hoje o Global Eye conta com vendas internacionais, a mais recente delas foi para a força aérea dos Emirados Árabes Unidos.

Gripen F-39 Brasileiro:

Gripen F-39E sobrevoando a capital federal- Foto/Divulgação: FAB

O Gripen E/F é a versão mais moderna do caça sueco da SAAB e atualmente o caça conta com pedidos para o Brasil e para a própria força aérea sueca.

No Brasil o Gripen será conhecido como F-39E/F, o Brasil terá 36 unidades do caça (28 exemplares monopostos e oito bipostos), sendo que algumas unidades serão parcialmente e totalmente construídas no país.

O primeiro exemplar brasileiro já está no Brasil, mais precisamente na planta da Embraer ligada a defesa, em Gavião Peixoto-SP.

Gripen F-39E FAB 4100

O caça está nesta sede desde setembro de 2020 e atualmente está passando por testes necessários para sua certificação.

Em outubro passado o caça foi oficialmente apresentado durante a cerimônia do Dia do Aviador, em Brasília-DF.

Aqui no Brasil alguns fatos importantes já aconteceram, por exemplo, o voo com o primeiro piloto de testes da Embraer.

A FAB tem previsão de receber suas primeiras unidades operacionais do caça no final deste ano.

 

Para saber mais curiosidades do novo caça da FAB, acesse o artigo especial, cliando aqui