Um logotipo da companhia de baixo custo Spirit Airlines é retratado em um avião da Airbus em Colomiers, perto de Toulouse, França, em 6 de novembro de 2018. REUTERS / Regis Duvignau

A Spirit Airlines assinou uma intenção de compra para 100 aviões da família A320neo, incluindo em seu pedido aeronaves como o A319neo, A320neo e o A321neo.

O pedido da companhia permite ainda a encomenda de mais 50 aviões no mesmo contrato, e tem um valor total de US$12 bilhões, quando consideramos o preço de lista.

Destaque para o interesse da Ultra Low Cost Spirit no A319neo, projeto que até então foi deixado de lado por várias companhias aéreas. Estas optaram pelo A220-300, ou pelo A320neo, deixando o A319neo com pouquíssimas encomendas, a maior parte para a versão executiva.

Provavelmente todos os aviões da Spirit serão fabricados na unidade da Airbus dos Estados Unidos.

A Spirit foi fundada em 1993, e atualmente opera com 140 aviões da Airbus.

 

Spirit tem interesse na América do Sul com o A321neo

De acordo com o presidente-executivo da empresa, Ted Christie, a Spirit Airlines ainda está estudando aeronaves A321neo da Airbus, incluindo as versões de longo alcance.

A versão de longo alcance do A321neo possibilitaria novos destinos internacionais para a companhia, incluindo a América do Sul e a Europa.

A grande vantagem do A321neo, e das variantes de longo alcance, é a comunalidade com a frota já existente de aeronaves A320, evitando um gasto extra com o treinamento de pilotos, mas como toda negociação de aeronaves, a companhia precisa garantir descontos dos fabricantes, o que define a vantagem de cada aeronave.

DEIXE UMA RESPOSTA