A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) divulgou ontem (06) mais uma imagem de computação gráfica do Northrop-Grumman B-21 Raider, seu novo bombardeiro stealth ainda em desenvolvimento. 

A nova imagem mostra o bombardeiro na Base Aérea de Edwards. Localizada na Califórnia, Edwards é uma das mais importantes bases dos EUA, e a maior base de testes no país. O 420º Esquadrão de Testes de Voo, sediado em Edwards, vai planejar, testar, analisar e produzir relatórios sobre todos os testes de voo e solo do B-21 Raider. 

“O programa B-21 continua a executar a fase de Desenvolvimento de Engenharia e Fabricação e está focado em dimensionar a infraestrutura e capacidade de fabricação em toda a base de fornecimento industrial para se preparar para uma produção inicial de baixa cadência. Uma revisão crítica do projeto conduzida em 2018 concluiu que a aeronave tem um projeto maduro e estável”, disse a USAF no comunicado divulgado na terça-feira. 

Junto com a renderização, a USAF também publicou uma página informativa sobre o novo bombardeiro. O B-21 deverá substituir, de forma gradativa, o B-1B Lancer supersônico e o B-2A Spirit stealth, duas aeronaves que junto do B-52 Stratofortress formam a tríade de bombardeiros da Força Aérea dos EUA. Em junho, a secretária interina da USAF revelou ao Congresso que os dois primeiros protótipos do B-21 “estão completos e prontos para os testes“. 

A USAF planeja ter apenas dois modelos em serviço no futuro, com o B-21 e os B-52 atualizados com novos motores formando a espinha dorsal do Comando de Ataque Global. A USAF também já deu início ao processo de aposentadoria dos B-1B, com 17 unidades iniciais escolhidas. A primeira foi retirada de serviço em fevereiro.

Em janeiro do ano passado, a USAF divulgou três projeções do novo bombardeiro, em hangares das bases aéreas de Dyess, Ellsworth e Whiteman. Em junho a USAF revelou que a base de Ellsworth será a primeira sede dos B-21. Um dos detalhes que chama atenção na nova projeção é o formato da janela lateral, diferente do formato apresentado nas imagens divulgadas em 2020. 

Espera-se que o rollout do B-21 ocorra no próximo ano, com a aeronave entrando em operação ainda na década de 2020. A USAF planeja adquirir pelo menos 100 unidades do Raider. 

DEIXE UMA RESPOSTA