TAP

“Portugal não é a Flórida”, afirma categoricamente Pati Lemos, a influenciadora digital que tem 125 mil seguidores em seu Instagram @voumudarparaportugal e especialista em relocation para brasileiros.

Então, se você pretende viajar para a terrinha e renovar o seu estoque de roupas, fazer o enxoval do bebê ou comprar eletrônicos mais baratos, esqueça. O melhor que você poderá trazer na sua bagagem são as lembranças na sua memória de uma viagem inesquecível. E isso, sem dúvida, é de graça.

De qualquer forma, sempre há algo bom e barato a trazer, além das inevitáveis lembrancinhas para os que ficam.

Foto: N Cultura Vinhos

Vinhos

Sem dúvida, são os itens mais interessantes para se comprar em Portugal. Em qualquer supermercado, é possível encontrar um vinho na faixa dos 6 a 10 euros, que no Brasil custariam caríssimo, pelo menos cinco vezes mais, fazendo a conversão da moeda. “E se pesquisar bem, pode ser que encontre um vinho abaixo de cinco euros, em alguma promoção, que não vai fazer feio na mesa”, recomenda Pati. Lembre-se que é permitido trazer até 12 litros, o que equivale mais ou menos a 16 garrafas.

Azeites

Esqueça aquelas duas ou três marcas de azeite português que dominam o mercado brasileiro. Em Portugal, você encontrará uma variedade imensa de marcas e tipos de azeites. Se tiver tempo, agende uma visita a um lagar e conheça o processo de produção dessa maravilha.

Queijos

Quem nunca experimentou o famoso queijo da Serra da Estrela não sabe o que está perdendo. Para Pati Lemos, “é uma tentação encher a mala com essa iguaria dos deuses”. Mas há restrições impostas pelo Ministério da Agricultura na sua chegada, então tome cuidado para não se frustrar. No caso desse queijo, é necessário que ele tenha um mínimo de 120 dias de maturação, esteja acondicionado em sua embalagem original de fabricação, com rotulagem que possibilite a sua identificação, devidamente lacrados, sem evidência de vazamento ou violação. O queijo da Serra da Estrela não é baratinho em Portugal, mas no Brasil é simplesmente milionário!

Roupas

Ainda que não seja o foco da sua viagem, você vai encontrar roupas baratas e de boa qualidade em grandes redes de lojas como a Primark, a Lefties ou a Kiabi. Fique atento às promoções em lojas mais conhecidas dos brasileiros, como a Zara. Vale muito a pena. E, se tiver tempo, não deixe de visitar um outlet. Em Lisboa, tem o Freeport Lisboa Fashion Outlet e o Strada Outlet. E no Porto, o Vila do Conde Porto Fashion Outlet. “É interessante visitar esses espaços porque você acaba encontrando marcas europeias muitas vezes desconhecidas dos brasileiros”, é o toque de Pati Lemos.

Eletrônicos

Mesmo fazendo a conversão da moeda, os preços em Portugal de eletroeletrônicos são semelhantes aos do Brasil, com a desvantagem de não parcelar em X vezes sem juros! Porém fique atento à possibilidade do Tax Refund, ou seja, do reembolso do IVA (Imposto sobre Valor Acrescentado) pago na compra. Primeiro é importante ver se a loja é aderente do regime de tax refund. E isso vale não só para eletrônicos. Depois, tem um passo a passo a ser feito no aeroporto, antes do seu embarque. Está tudo bem explicado no site dos Aeroportos de Portugal.

Foto: Alexander Spatari/Getty Images

“Dá para conjugar uma viagem maravilhosa a um país encantador, sem deixar de fazer umas boas comprinhas”, sintetiza Pati Lemos.

 

Via: Pati Lemos – Influenciadora Digital / Raisa Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA