• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Voa o primeiro caça F-16 Block 70 “0 quilômetro”

Primeiro voo de caça para a Força Aérea do Bahrein marca o "renascimento" do F-16, caça mais popular do mundo, em sua variante Block 70. Foto: Lockheed Martin.
Primeiro voo de caça para a Força Aérea do Bahrein marca o "renascimento" do F-16, caça mais popular do mundo, em sua variante Block 70. Foto: Lockheed Martin.

O caça mais popular do mundo está renascendo. O F-16 Fighting Falcon voltou a ser produzido pela Lockheed Martin e o primeiro Block 70 novo de fábrica, versão mais moderna do modelo, fez seu primeiro na última terça-feira (24). 

A aeronave, um F-16D de dois assentos, decolou às 09h17 (horário local) da planta da Lockheed em Greenville, na Carolina do Sul. Sob os comandos dos pilotos de teste Dwayne “Pro” Opella e Monessa “Siren” Balzhiser, a aeronave permaneceu 50 minutos em voo, onde foram verificadas as condições do motor, controle de voo e sistema de combustível, bem como manuseio básico da aeronave. 

GV22-0020 F-16 Bahrain EB1 First Flight 20230125 V2 from LM Aero Multimedia on Vimeo.

“O voo bem-sucedido de hoje é uma prova do trabalho árduo, dedicação e compromisso com nossos clientes e suas missões”, disse OJ Sanchez, vice-presidente do Integrated Fighter Group, que inclui o programa F-16. “Este marco demonstra o compromisso da Lockheed Martin com o avanço deste programa e a obtenção desta aeronave tão necessária e de seus recursos avançados de segurança do século 21 para o combatente.

O voo inédito também marcou a primeira decolagem de um F-16 Block 70 para Força Aérea Real do Bahrein (RBAF), cliente lançador do modelo, também chamado de F-16V Viper. Em 2018 o país assinou com a Lockheed a compra de 16 F-16 Block 70 por US$ 1,1 bilhão; a RBAF já possui outros 21 F-16 das versões Block 50/52.

Além do Bahrein, outras cinco nações selecionaram o F-16 Block 70: Jordânia, Taiwan, Eslováquia, Bulgária e Marrocos. Com os mais recentes pedidos da Jordânia e Bulgária, que assinaram cartas para mais encomendas, a carteira de pedidos deve subir para 148 unidades. 

“A Lockheed Martin está totalmente comprometida em fornecer plataformas de qualidade para as missões críticas de nossos clientes e estou muito orgulhoso de nossa equipe talentosa em Greenville”, disse Danya Trent, vice-presidente da fabricante para o F-16 e líder da linha de produção em Greenville.

Primeiro voo do primeiro F-16 Block 70 novo de fábrica. Lockheed tem 128 encomendas para o modelo. Foto: Lockheed Martin.

Primeiro voo do primeiro F-16 Block 70 novo de fábrica. Lockheed tem 128 encomendas para o modelo. Foto: Lockheed Martin.

“Este é o culminar de avanços significativos em desenvolvimento, design, engenharia digital, cadeia de suprimentos e linha de produção para uma plataforma já comprovada que continuará a fornecer décadas de serviço em suporte à segurança nacional dos clientes”, concluiu a executiva. 

Vida nova para o caça mais usado no mundo

O F-16 nasceu na década de 1970 pelas mãos da General Dynamics, como resposta ao programa Lightweight Fighter da Força Aérea dos EUA. O modelo monomotor venceu a licitação e logo foi adquirido não apenas pelos Estados Unidos mas também vários de seus parceiros na OTAN, que buscavam substituir jatos mais antigos, como o F-104 e F-5. 

F-16 CM OK ANG

Caça F-16CM Fighting Falcon da Guarda Aérea de Oklahoma. Foto: Master Sgt. C.T. Michael/ OK ANG

Ao longo dos anos o F-16 provou ser um caça versátil, confiável, barato e de fácil operação, o que lhe tornou um modelo mais do que popular: hoje está em operação com 25 países e acumula mais 19,5 milhões de horas de voo e 13 milhões de surtidas. É o avião de caça mais utilizado atualmente, com 2184 unidades em operação, o que representa 15% de todos os caças do mundo.

A aeronave recebeu uma série de atualizações até chegar na sua atual variante Block 70. O modelo incorpora tecnologias encontradas em caças de 5ª geração, como o radar AESA AN/APG-83 e o Sistema Automático de Prevenção de Colisões no Solo (Auto GCAS). O modelo ainda possui Datalink Link 16, novo GPS integrado e sistema de identificação amigo-inimigo (IFF) atualizado. 

Cockpit do F-16 Viper Block 70. Imagem: Lockheed.

Cockpit do F-16 Viper Block 70. Imagem: Lockheed.

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Estudante de Jornalismo na UFRGS, spotter e entusiasta de aviação militar.