Wings of Support da KLM faz doação para compra de alimentos para crianças de comunidades no Brasil

A KLM comprou biocombustível para introduzir no seu suprimento de combustível no aeroporto de Schiphol. Foto: KLM

Todos os anos, a KLM, companhia aérea holandesa, transporta milhões de pessoas para diferentes destinos para iniciar ou concluir negócios, ou para conhecer as belezas do mundo. No entanto, ainda há muita desigualdade social em todo o mundo.

A Wings of Support, organização comandada por funcionários voluntários da companhia aérea, prestou suporte em um fundo dedicado à crise do Covid-19 que distribuiu 25 toneladas de alimentos a 1.193 famílias em 40 locais no Brasil, para crianças assistidas pelos projetos da Associação PEDE-Brasil, que faz parte da Fundação Children Asking International.

Fundada em 1998, a Wings of Support é uma organização independente, administrada por cerca de 100 voluntários da aérea. A KLM e a Wings of Support têm um contrato oficial de cooperação. O objetivo da instituição é ajudar crianças de países onde a KLM voa, aumentando o acesso à educação, abrigo e assistência médica. A fundação busca envolver as populações locais em suas atividades.

Em 2019, a Wings of Support, por meio de seus voluntários, apoiou 34.440 crianças de 73 projetos em 19 países, oferecendo condições melhores de educação, assistência médica e abrigo. No total, doadores e patrocinadores contribuíram com € 699.695, sendo que a organização recebe doações mensais de mais de 3.500 apoiadores, consistindo principalmente de funcionários da companhia aérea.

Passageiros também podem doar

A Wings of Support coopera com ONGs e startups selecionadas, contribuindo para promover a importância do acesso a condições melhores. Os passageiros frequentes da KLM, membros do programa de fidelidade Flying Blue podem doar a quantidade de milhas que quiserem e puderem para essas boas causas que incluem a própria organização Wings of Support, além de UNICEF, Cruz Vermelha, WWF, Close The Gap, Giro555, entre outras.

As doações de milhas podem ser feitas diretamente pelo site do Flying Blue.

 

Via: KLM


DEIXE UMA RESPOSTA