Foto - Embraer

Durante o Dubai Airshow 2017 John Slattery, Presidente e CEO da Embraer Commercial Aviation, declarou ao portal FlightGlobal que espera conseguir a certificação do E190-E2 nos próximos 90 dias.

De acordo com ele a Embraer já completou 80% da fase de certificação, 1600 horas de voo já foram realizadas, das 2000 horas previstas, e só falta um ensaio em solo para ser finalizado, o ensaio de fadiga da fuselagem.



Essa declaração de Slaterry durante o Dubai Airshow vem logo após a cliente de lançamento Widerøe anunciar o primeiro voo comercial do E190-E2, no dia 15 de maio de 2018.

E-Jet E2, a nova aposta da Embraer para o segmento de 80-140 assentos.

Isso é importante pois uma companhia aérea só pode realizar voos comerciais remunerados com uma aeronave certificada. Dessa forma a primeira entrega só é realizada depois da aeronave conseguir obter o certificado de tipo através de uma Agência Regulamentadora de Aviação, no caso do Brasil quem rege esse setor é a ANAC.

A Embraer também já anunciou quando será a primeira entrega do E190-E2, em abril de 2018, sem especificar um dia fixo para o evento.

O cronograma de testes do E195-E2 também está sendo cumprido de acordo com o previsto, reforçando o compromisso da Embraer de entregar o primeiro E195-E2 para a Azul Linhas Aéreas no primeiro semestre de 2019.

Até o momento a família E-Jet E2 já acumulou 285 pedidos firmes, bem como 445 opções de compra.