GOL Avianca Grupo Abra
Foto: Gabriel Melo e Matheus Felipe/Aeroflap

Vem ai a Abra, a nova holding que irá unir as operações da Avianca e da GOL, o novo acordo foi assinado ontem (11) pelos maiores acionistas de ambas as empresas. 

A nova empresa terá sua sede no Reino Unido, mas antes as empresas precisam de aprovação dos órgãos de cada país. Apesar da fusão, as operações da Avianca e da GOL serão mantidas separadas porém cada empresa com sua frota e suas filosofias complementando a operação uma da outra.

Serão investidos cerca de US$ 320 milhões em recursos para a Abra, a nova holding que controlará as operações das empresas matriz e subsidiárias. 

A equipe de gestão da Holding, que será responsável pela direção geral e estratégia da
Holding, entrega de sinergias e coordenação das funções centrais, será liderada por Roberto Kriete (Presidente do Conselho de Administração), Constantino de Oliveira Junior (CEO), e Adrian Neuhauser e Richard Lark (Co-Presidentes). 

Nem a MOBI Fundo de investimentos em Ações no Exterior ou tampouco os irmãos Constantino alienarão, direta ou indiretamente, qualquer ação da GOL. A Operação não acarretará a obrigatoriedade de realização de uma oferta pública de aquisição de controle para os acionistas minoritários da GOL, uma vez que não haverá alienação ou transferência do controle acionário da GOL, conforme determinado pelas leis e regulamentos brasileiros.

Avianca Holdings Cargo

“Nossa visão é criar um grupo de transporte aéreo que enderece os desafios do século 21 e aprimore as viagens aéreas para nossos clientes, colaboradores e parceiros, bem como para as comunidades em que operamos”, disse Roberto Kriete no comunicado.

A nova holding terá participação inicial de 30% da família Constantino que é dona da GOL, tendo Constantino Jr como o CEO da Abra. 

“Este acordo coloca as companhias aéreas do Grupo Abra em posição de liderança em viagens aéreas na América Latina, atendendo a uma população de mais de um bilhão de pessoas e um PIB de quase US$ 3 trilhões, e oferecendo oportunidades significativas de capacidade e crescimento de receita. A estrutura corporativa única permitirá que cada companhia aérea gere resultados mantendo independentes suas marcas, equipes e cultura, e proporcione aos colaboradores mais oportunidades de crescimento pessoal e profissional em todas as fases de suas carreiras”, Disse Constantino.

A holding ainda será complementada pelas operações da Viva Air Colômbia e da SKY Airline, na qual a Avianca detém participação.

A frota da Avianca atualmente é composta por 100 aeronaves, das quais, 91 estão ativas. A maioria é formada por aviões da família Airbus A320, com 13 A319 e 68 A320ceo e neo. A Avianca opera ainda 5 A330 e 14 Boeings 787.

A frota da GOL é composta exclusivamente por aeronaves Boeing 737, sendo 21 737-700, 89 737-800 e 32 737 MAX 8, totalizando 142 aviões na frota.

 

*Matéria será atualizada em breve