Aerion AS3TM

A Aerion é uma empresa que em breve vai estrear no mercado de aeronaves supersônicas, com o seu conceito AS2, de aeronave executiva capaz de voar em Mach 1.6 .

No entanto, no início desta semana a empresa apresentou mais um avião, um conceito hipersônico focado no mercado de aviação comercial, capaz de voar a Mach 4 (4939 km/h) com 50 passageiros a bordo.

Nessa velocidade é possível fazer Los Angeles a Tóquio em duas horas e meia de voo, ou Nova York – Londres em pouco mais de uma hora. A autonomia de voo do avião também permite diversos voos acima do Oceano Pacífico, entre o continente Americano e o Asiático.

Automaticamente o AS3TM, se for desenvolvido e virar realidade, pode ser o avião mais rápido do mundo em atividade, superando até mesmo lendas como o SR-71 (Veja Mais sobre isso Clicando Aqui).

Além disso, a Aerion espera fornecer um avião sem o boom sônico, desenvolvimento que possibilita o uso em voos de alta velocidade acima de continentes, e com alcance de até 12964 km, superior a qualquer supersônico em atividade.

No início deste ano, a Aerion expandiu sua parceria contínua com o Langley Research Center da NASA, com a intenção de acelerar a realização de voos comerciais de alta velocidade e viagens ponto a ponto mais rápidas, especificamente estudando voos comerciais na faixa de Mach 3-5.

Aerion AS3TM
Design curvilíneo do AS3 mostra uma preocupação com novas formas aerodinâmicas e a eficiência da aeronave.

Com o desenvolvimento avançado, a Aerion espera apresentar o primeiro AS3TM antes do final desta década, revolucionando a indústria de viagens.

Com esse projeto a Aerion passa a concorrer diretamente com a BOOM Supersonic, que está desenvolvendo um avião comercial de alta velocidade na faixa dos 50 assentos, porém que voa a Mach 2.2 .

Mais detalhes do projeto não foram divulgados pela empresa, que não fala sobre a motorização deste avião hipersônico, ainda não existente no mercado, nem como vai conseguir cumprir esses requisitos de projeto. Na parte financeira, porém, a situação é boa, e a própria Aerion conta com o apoio de um investimento milionário da Boeing.