Airbus A350 Primeiro Voo
Foto: Airbus

A Airbus divulgou nesta quinta-feira (29/07) os seus dados financeiros e operacionais do 1º semestre de 2021, período que entregou 297 aeronaves comerciais e 115 helicópteros.

A empresa europeia teve uma alta de 30% na receita, na comparação com o 1S20, de € 24,6 bilhões em boa parte por um aumento de 42% na receita da divisão de aviões comerciais, a principal da Airbus.

Mesmo com a boa receita, a Airbus registrou um prejuízo líquido de € -30 milhões, devido à variação cambial entre o dólar e o euro, e ajustes na participação acionária da Airbus na Dassault.

Para o primeiro semestre, a Airbus registrou lucro operacional de 2,7 bilhões de euros, superando sua meta anterior para o ano inteiro. Só as divisões de aviões comerciais e helicópteros geraram um lucro operacional de 2,01 bilhões de euros.

Foto: Eric Raz/Airbus.

Na parte militar, a fabricante teve uma atuação um pouco mais tímida, com a entrega de dois aviões A400M no 1º semestre.

A Airbus diz que atualmente tem uma posição de caixa bruta de € 21,4 bilhões, mantendo estável a disponibilidade de recursos financeiros em relação a 2020, apesar da crise. O caixa líquido, de disponibilidade imediata, é de € 6,5 bilhões.

A fabricante reforçou que planeja terminar 2021 produzindo cerca de 600 aviões produzidos e entregues.

DEIXE UMA RESPOSTA