China Airlines Boeing 777F
UT Air 737-800 air to air

A companhia de bandeira de Taiwan adiciona capacidade para capturar oportunidades de mercado em meio à crescente demanda de carga

A Boeing e a China Airlines anunciaram hoje (27) que a companhia aérea de Taiwan encomendou quatro cargueiros 777, acrescentando à sua extensa frota de aviões Boeing. Avaliado em US$ 1,4 bilhão a preços de tabela, o pedido permitirá à companhia aérea capturar novas oportunidades de mercado à medida que a demanda global de carga aérea continua a crescer.

“O 777 Freighter desempenhou um papel crítico em nossos esforços para manter a lucratividade durante a pandemia, e esses aviões adicionais serão parte integrante de nossa estratégia de crescimento de longo prazo”, disse o presidente da China Airlines, Hsieh Su-Chien

Continua depois do anúncio

“Estamos entusiasmados em adicionar mais 777 Cargueiros devido à sua eficiência operacional e confiabilidade. Nosso programa de modernização de frota nos permitirá oferecer valor agregado aos nossos clientes, especialmente à medida que a cadeia de suprimentos global continua a evoluir”.

O 777 Freighter é o maior e mais capaz cargueiro bimotor do mundo. Tem um alcance de 4.970 milhas náuticas (9.200 km) com uma carga útil máxima de 102 toneladas (224.900 lbs), enquanto contribui para uma redução de 17% no uso de combustível e emissões de CO2 por tonelada em comparação com os aviões da geração anterior. 

Além disso, o 777F permitirá que a China Airlines faça menos paradas em rotas de longa distância, reduzindo ainda mais as taxas de pouso associadas e resultando no menor custo de viagem de qualquer grande cargueiro.

Continua depois do anúncio

“Estamos entusiasmados que a China Airlines tenha selecionado novamente o 777 Freighter para servir como a espinha dorsal de sua frota de carga aérea de classe mundial”, disse Ihssane Mounir , vice-presidente sênior de vendas e marketing comercial.

“As capacidades líderes de mercado do 777 Freighter fornecem capacidade adicional, eficiência aprimorada e maior valor para os clientes da China Airlines, permitindo que a transportadora atenda à demanda de carga aérea e se posicione para um crescimento de longo prazo”.

Em 2021, a receita de carga aérea da China Airlines aumentou 186% acima do ano pré-pandemia de 2019, o que quase compensou uma queda de 96% na receita de passageiros. 

Continua depois do anúncio

No ano passado, a China Airlines Cargo registrou o melhor ano de sua história – mais de TWD 100 bilhões (US$ 3,6 bilhões) em receita – alavancando sua frota existente totalmente Boeing de 18 747-400 Cargueiros e três 777 Cargueiros. 

Com três 777 Freighters já encomendados, o 777 da China Airlines é o complemento perfeito para a frota de 747-400 Freighter da companhia aérea, acomodando perfeitamente os paletes de 3 metros (10 pés) de altura e maximizando a flexibilidade para suas operações de carga aérea.

 

 

Via: Boeing

Continua depois do anúncio