Dassault Rafale- Foto: Dassault Aviation

A Grécia, por meio primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis, anunciou em 12 de setembro, que o país tem a intenção da compra de 18 caças Dassault Rafale para renovar sua frota de defesa aérea….

No entanto, um anúncio deste tipo já era aguardado, pois já haviam notícias dando conta da aproximação da força aérea grega com a fabricante do caça.

Os termos de contrato entre os militares gregos e a empresa francesa não fornecem muitos detalhes a respeito da intenção de compra dos caças francês de geração 4º plus.

Dassault Rafale- Foto/Divulgação Dassault Aviation

“A Dassault Aviation está totalmente mobilizada para atender às necessidades operacionais expressas pela Força Aérea Grega e, assim, contribuir para garantir a soberania da Grécia e a segurança do povo grego ”, disse Eric Trappier, Presidente e CEO da Dassault Aviation.

Contudo, um dos motivos que possibilitou essa intenção de compra, são os anos de parceria entre a Grécia e a Dassault, que já resultou na compra de outros caças da Dassault.

“Estou muito satisfeito com este anúncio, que reforça a relação excepcional que mantemos com a Grécia há quase meio século, e agradeço mais uma vez às autoridades gregas a sua confiança em nós”, completa Eric Trappier.

Aeronaves francesas na Grécia:

Em um breve histórico de aquisições gregas em relação a caças da Dassault, temos a compra de 40 caças Mirage F1 em 1974, logo após isso houve a compra de 40 caças Mirage 2000 em 1985, finalizando o lote de caças Mirage, com a compra de 15 caças Mirage 2000-5 em 2000.


Mirage 2000-5 da Grécia- Foto: Força Aérea Helênica

Entretanto, a Grécia ainda opera caças de outros modelos como os F-16 Block 52, que estão passando por uma atualização que vai introduzir no caça o novo radar APG-83 AESA.

Todavia, o governo grego ainda tem interesse na compra de alguns caças F-35A de 5º geração, mas até o momento não se tem informação de como estão as negociações com o Pentágono.

 

DEIXE UMA RESPOSTA