Mesmo com aviões em solo, Rolls-Royce continua buscando correção para motor Trent 1000

Foto - Boeing/Divulgação

A Rolls-Royce declarou na última semana que mesmo com aeronaves em solo, e uma crise financeira no horizonte da empresa, ela continua trabalhando para solucionar os problemas dos motores Trent 1000 neste segundo trimestre de 2020.

A empresa afirma que esses esforços [em corrigir problemas nos motores] “continuaram a produzir resultados positivos” e o número de aeronaves em terra, aguardando correções, caiu para o número de 20 até o final de março, em comparação com os 30 no final de fevereiro.

“Esperamos reduzir isso para um dígito até o final do segundo trimestre”, diz a empresa.

A Rolls-Royce ressalta que, apesar da situação do coronavírus, suas instalações de manutenção e revisão ainda estão em operação.

“O trabalho de projeto permanece dentro do cronograma para resolver o último problema técnico restante”, diz o documento, referindo-se às novas pás da turbina de alta pressão que estão sendo desenvolvidas para os motores Trent 1000 TEN.

Os testes de solo com as novas pás estão “progredindo”, diz a empresa, e espera que o novo conjunto de componentes esteja pronto até o final do primeiro semestre de 2021.

 

DEIXE UMA RESPOSTA