EasyJet Airbus A319
Foto: Javier Bravo Muñoz / Wikimedia

A EasyJet, companhia aérea de baixo custo do Reino Unido, vai reconfigurar todas as suas aeronaves Airbus A319 com menos assentos. A empresa esta visando a redução do número de tripulantes a bordo.

Atualmente o Airbus A319 da EasyJet opera com uma capacidade de alta densidade de 156 assentos, com isso possui uma saída de emergência a mais sobre a asa. O número de comissários a bordo também é maior pela quantidade de passageiros a bordo e saídas a operar em caso de emergência.

Com a nova configuração, o Airbus A319 da companhia passará a ter 150 assentos em uma única classe. De acordo com as normas do Reino Unido, a cada 50 passageiros, um comissário será escalado para o voo.

Com a redução para 150 passageiros no Airbus A319, a EasyJet poderá retirar um membro da tripulação e operar somente com três a bordo.

A companhia aérea de baixo custo enfrenta uma grande escassez de funcionários, e isso está causando diversos cancelamentos no Reino Unido.

“Neste verão estaremos operando nossa frota A319 do Reino Unido com um máximo de 150 passageiros a bordo e três tripulantes de acordo com os regulamentos da CAA. Esta é uma maneira eficaz de operar nossa frota ao mesmo tempo em que criamos resiliência e flexibilidade adicionais em nossa operação neste verão, onde esperamos voltar aos níveis de voo próximos a 2019”. Disse a EasyJet em e-mail ao AeroTime.

 

 

Com informações do AeroTime.