El AL Israel Airlines
Foto: Jacob Aviation

Os conflitos entre Israel e Gaza continuam a causar medo entre os passageiros do transporte aéreo. Na noite de ontem(12), um passageiro da El Al filmou alguns foguetes disparados próximo ao Aeroporto Internacional de Tel Aviv.

O Voo LY332 decolou de Bruxelas e teve seu destino final alterado por conta dos foguetes lançados em Tel Aviv. A segurança do voo foi colocada em risco se a aeronave estivesse mais próximo de pousar, devido a isso a tripulação alternou para Eliat após uma espera de 45 minutos.

Na madrugada desta quinta-feira(13) a aeronave conseguiu chegar em segurança à Tel Aviv, pousando às 03h57(hora local). Um novo plano de segurança aos voos estabelece que todos os voos que chegam ao país serão desviados para o Aeroporto de Eliat.

Em Eliat todos os passageiros irão desembarcar em segurança e as aeronaves serão enviadas sem qualquer passageiro a bordo. Apenas aeronaves cargueiras e de voos executivos estão autorizadas a pousar em Ben Gurion. 

No momento as três empresas norte-americanas estão cancelando voos na cidade devido a situação grave, a British Airways também anunciou a suspenção de voos temporariamente. A El Al Israel Airlines liberou toda a conexão Wi-Fi para os passageiros mantenham o contato integral com suas famílias. 

Todos os passageiros que desejarem alterar ou cancelar suas viagens poderão alterar seus bilhetes até o dia 19 de maio sem qualquer cobrança.  

Os confrontos entre Israel e Gaza estão se intensificando pelo menos desde a última semana, com ataques realizados pelos dois lados e que se tornaram mais intensos desde domingo.

O Aeroporto Ben Gurion é o principal de Israel e movimenta aproximadamente 22 milhões de passageiros por ano. Todos os voos que chegam ao Aeroporto Ben Gurion foram desviados para outros aeroportos.

Esta provocação entre os dois países é classificada a mais intensa desde 2014, quando ambos diminuíram os ataques ao longo dos últimos anos.