China J-20
Caças J-20 da PLAAF.

Mesmo com os fortes impactos da pandemia de Covid-19, a China está encerrando o ano de 2021 quebrando recordes na sua produção de aeronaves militares. A indústria de aviação de combate chinesa já está completando as entregas e voos de testes programados para este ano com resultados positivos.

Enquanto algumas empresas já atingiram suas metas, outras se encaminham para o encerramento, conforme o comunicado da estatal Aviation Industry Corporation of China (AVIC), publicado no dia 15 de dezembro.

A fabricante de aeronaves e motores Shenyang encerrou sua produção anual pouco mais de duas semanas antes do fim do ano, com o último pouso de uma aeronave militar na sua estação de voos de testes ocorrendo no dia 15. O ano termina e o número de aeronaves que a empresa produziu e entregou este ano bateu um recorde, revelou a AVIC, sem dar mais detalhes.

J-16D Guerra Eletrônica China Zhuhai
O J-16D exposto em Zhuhai com pods de interferência eletrônica. Foto via @RickJoe_PLA

A companhia é responsável pela produção do caça naval J-15 Flying Shark (cópia do Sukhoi Su-33 Flanker-D), do caça multimissão J-16 e desenvolve o jato de 5ª geração J-31, cuja versão naval foi flagrada em outubro. A Shenyang também produz os motores WS-10 que equipam os caças J-20, J-16 e J-10. 

A Changhe Aircraft Industry (Group) Corporation Ltd, que produz helicópteros como o Z-10 de ataque e o helicóptero de transporte Z-8, também concluiu as metas de produção e entrega em 15 de dezembro, disse a AVIC.

No comunicado, o conglomerado aeronáutico chinês revelou uma imagem de um voo de testes da nova variante do helicóptero de transporte, o Z-8C. A aeronave será implantada no novo navio de assalto anfíbio Type 75 da Marinha Chinesa.

Changhe Z-8C China.
Tropas desembarcando de um Z-8C durante treinamento.

A Xian Aircraft Industry Group Company Ltd, fabricante do cargueiro pesado Y-20, concluiu os últimos voos de teste nove dias antes do final do ano, disse a AVIC. Tang Changhong, projetista-chefe do Y-20, revelou no Airshow China 2021 que a aeronave realizou testes de voo com dois tipos de motores desenvolvidos pelo país. 

A China também está implantando o Y-20U, versão de reabastecimento em voo do jato de transporte. A aeronave vai reforçar as capacidades de REVO da Força Aérea do Exército de Libertação Popular e já participou de incursões na zona de identificação de defesa aérea da Taiwan.

Y-20 China
Xian Y-20. Foto: China Military Online

A Harbin Aircraft Industry Group Co Ltd, que fabrica o helicóptero utilitário Z-20 (cópia do S-70 Black Hawk) e os helicópteros da série Z-9 e Z-19, encerrou a produção de 2021 e as missões de voo de teste na sexta-feira (24), estabelecendo um novo recorde no número de aeronaves entregues, apesar do impacto negativo do COVID-19. 

A Chengdu Aircraft Industrial Group Co Ltd, fabricante do caça stealth J-20,  revelou em 10 de dezembro em uma postagem na mídia social, que a empresa recentemente quebrou recordes em termos de entrega de aeronaves. A companhia diz que o marco vem por conta da alta demanda, afirmando também que estava se esforçando para encerrar o ano de 2021.

J-20 WS-10C China
J-20 equipado com os motores nacionais WS-10C.

A Shaanxi Aircraft Industry (Group) Co Ltd, produtora de uma ampla variedade de aeronaves de missão especial, como o KJ-500 de alerta antecipado e o Y-8 de guerra antissubmarino, está completando sua meta anual de entregas, apesar da grave epidemia de COVID-19 em curso, disse a empresa em sua conta na mídia social na sexta-feira (24).

Outras filiais da AVIC também estão em vias de terminar a produção, e boas notícias chegarão dentro de alguns dias, disse a AVIC.

KJ-500 China
Shaanzi KJ-500, aeronave de alerta antecipado e controle (AEW&C) da Força Aérea Chinesa. Foto: Alert5 via Wikimedia (CC BY-SA 4.0)

Junto dos recordes e novidades no setor aeronáutico, a China também foi oficialmente reconhecida pelo Pentágono como tendo a 3ª maior frota militar do mundo, atrás apenas da Rússia e Estados Unidos. O reabastecedor Y-20U, as novas unidades do J-20 e iminente bombardeiro stealth Xian H-20 também foram mencionados no relatório anual do Departamento de Defesa dos EUA, apresentado aos congressistas. 

Em um momento em que o Exército Chinês está se esforçando para construir uma poderosa força de assalto aéreo com helicópteros avançados, a Marinha está preparando aeronaves de asa fixa e helicópteros para seus porta-aviões e navios de assalto anfíbio. A Força Aérea está de olho para construir ainda mais uma força estratégica.

Xian H-20 China
Projeção artística do Xian H-20.

A indústria de aviação da China está desempenhando um papel importante ao satisfazer essas altas demandas, disse um especialista militar baseado em Pequim ao Global Times no último domingo. 

DEIXE UMA RESPOSTA