China Super Hornet F/A18 Marinha dos EUA Aggressor Adversary
Caça F/A-18E Super Hornet recebe pintura para simular caças da China. Foto via Redes Sociais

Circulam pela internet imagens de um caça F/A-18E Super Hornet da Marinha dos EUA ostentando um esquema de pintura para simular o mesmo usado por caças J-11 e J-16 da China. Esta é a segunda aeronave vista com marcações chinesas, mas a primeira com uma pintura completa. 

O caça pertence ao esquadrão de caça composto (VFC) 12 Ambush, uma unidade com sede na Estação Aeronaval de Oceana, no estado da Virgínia. Este é um dos quatro esquadrões adversários (também chamados de aggressor), dedicados a simular aeronaves de países “inimigos” dos EUA, como Rússia e a própria China. 

O jato de matrícula BuNo 165792 recebeu uma pintura em tons de preto e cinza, visando imitar o mesmo esquema aplicado em caças Shenyang J-11 e J-16 da Aviação Naval (PLAAN) e Força Aérea (PLAAF) da China. Ambos são versões chinesas dos caças Sukhoi Su-27 e Su-30, de origem russa.

Pinturas e avisos de alerta também foram aplicados no avião de forma a representar o mesmo esquema usado nas aeronaves adversárias. Uma parte do lado direito do LERX (extensão do bordo de ataque) foi pintada num tom mais claro para simular o painel do canhão GSh-30-1 dos caças russos/chineses.

Super Hornet Marinha China aggressor
O F/A-18E recém saído da oficina de pintura com o novo esquema inspirado nos caças J-11 e J-16 da China. Foto via redes sociais.

A pintura aplicada na cauda também imita o formato dos estabilizadores verticais dos aviões chineses, que tem a ponta chanfrada. Estas são carenagens dielétricas de fibra de vidro, que cobrem as antenas de navegação e comunicação

Para aumentar o realismo dos treinamentos e facilitar a memorização dos esquemas de pinturas e marcações adversárias, os EUA pintam suas aeronaves aggressor “imitando” os mesmos padrões.

O VFC-12 já havia pintado um de seus antigos F/A-18D Hornet com o padrão ghost, em tons de cinza com azul pixelado, aplicado em algumas aeronaves Sukhoi Su-57 Felon, caça stealth russo. 

Foto via Redes Sociais

Em outubro de 2021, um Super Hornet do mesmo esquadrão foi notado com o cocar nacional chinês aplicado na própria pintura cinza padrão da Marinha dos EUA. Militares também foram vistos com patches bordados em mandarim, mostrando que a Marinha já está há algum tempo estudando e simulando as táticas chinesas.

Isto foi inicialmente notado pelo portal The War Zone, que também apresentou uma série de novas pinturas adversárias que serão aplicadas em caças F/A-18E/F, simulando caças russos, chineses e até mesmo iranianos.

Em junho do ano passado um F/A-18E do VFC-12 se tornou um dos primeiros Super Hornet da Marinha a receber uma pintura que simula o Su-57.