Embraer KC-390
Foto: Embraer/Divulgação

A Força Aérea Brasileira recebeu nesta quarta-feira (01) mais uma aeronave KC-390 Millennium, a quinta da frota. O cargueiro multimissão fabricado pela Embraer foi entregue em cerimônia realizada na Base Aérea de Anápolis (Ala 2). 

Na solenidade, estiveram presentes o Presidente da República Jair Bolsonaro, o Ministro da Defesa Walter Braga Netto, o Comandante da FAB Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Jr. e demais autoridades.

Agora, o KC-390 de matrícula FAB 2857 passa a compor a frota do 1º Grupo de Transporte de Tropas, o Esquadrão Zeus. Na cerimônia, também foi celebrado o 60º Aniversário de Ativação do 1º GTT. 

Agenda do Presidente Jair Bolsonaro para esta quarta-feira (01).

Na solenidade, o Cálice do Olimpo foi entregue aos pilotos da segunda turma da aeronave KC-390 Millennium. Além disso, ocorreu a entrega da distinção de Zeus Honorário da Ordem do Millennium.

A homenagem foi criada para reconhecer aqueles que contribuíram para o processo de implantação, desenvolvimento, e atuação operacional da aeronave KC-390 na Força Aérea Brasileira (FAB).

FAB/Divulgação.

Antes de ir para Anápolis, o Presidente participou de um evento na Base Aérea de Brasília (Ala 1) assinatura de atualização do Regulamento do Corpo de Pessoal Graduado da FAB. 

“É uma honra muito grande estar aqui em mais um momento que marca a história da Força Aérea Brasileira, equipando-se e renovando a sua frota. Ainda mais que vem de tecnologia 100% brasileira. Isso é muito bom para todos nós”, enfatizou o Presidente Bolsonaro.

No evento, o Presidente da República batizou, com garrafa de espumante, a aeronave KC-390 FAB 2857, acompanhado do Ministro da Defesa e do Comandante da Aeronáutica. 

FAB/Divulgação.

O primeiro KC-390, o FAB 2853, foi entregue à unidade em setembro de 2019, em uma cerimônia que também teve a participação de Bolsonaro. A quarta aeronave, o FAB 2856, foi entregue em 19 de dezembro de 2020, com a quinta chegando hoje, pouco menos de um ano depois da última entrega. 

 

Novo e operacional

Desde que entrou em serviço, o KC-390 tem operado “sem parar”, demonstrando uma grande disponibilidade no âmbito da Operação COVID-19.

A aeronave transportou uma série de materiais, incluindo oxigênio líquido e gasoso, hospitais de campanha, insumos, medicamentos, EPIs e outros. O KC-390 também o primeiro avião da FAB a transportar as vacinas dentro do país. 

No Amazonas, a aeronave também foi usada para transportar uma série de veículos pesados para obras no Aeroporto de Estirão do Equador, na fronteira com o Peru. Dentre as cargas mais pesadas estavam uma escavadeira com mais de 21 toneladas.

Embraer KC-390
KC-390 Millennium e KC-130 Hércules. Foto: Soldado A. Soares/FAB.

O Millennium também foi empregado em uma recente missão humanitária ao Haiti. Ao todo, 15,5 toneladas de mantimentos, remédios, painéis solares foram levados em duas viagens diferentes, além de uma equipe de busca e resgate. Na Colômbia, a aeronave foi usada para lançar paraquedistas durante o exercício multinacional Ángel de Los Andes III. Além disso, o KC-390 também apresentou 100% de disponibilidade durante todo o treinamento. 

Em pouco tempo, o KC-390 também estará desempenhando as missões de reabastecimento em voo, multiplicando as capacidades das aeronaves F-5M Tiger II, A-1M, H-36 Caracal e, futuramente, F-39 Gripen. 

 

Entrega em meio à redução do pedido

Ao mesmo tempo em que celebra o recebimento da 5ª aeronave, a FAB também trabalha na alteração do contrato assinado em 2014. Por razões orçamentárias, a Força Aérea decidiu reduzir de aviões adquiridos de 28 para 15 unidades.

Ainda em maio foi anunciada a renegociação do contrato. As duas partes conversaram, mas a Embraer não aceitou a proposta do Comando da Aeronáutica. Na mesmo dia em que foi anunciado o corte no contrato, a Embraer publicou nota afirmando que vai buscar medidas legais sobre o caso. 

Além do Brasil, Portugal e Hungria já adquiriram o cargueiro multimissão da Embraer. Na semana passada, a primeira tripulação de KC-390 da Força Aérea Portuguesa concluiu seu treinamento junto à FAB. Também em novembro a fabricante deu início à produção do primeiro de dois aviões para a Força Aérea Húngara.

No final de outubro foi revelado que a Itália também teria interesse no KC-390. Em contraste, Brasília gostaria de adquirir blindados 8×8 da Iveco. 

Quer saber mais sobre o KC-390, confira os vídeos abaixo, produzidos por nós do Portal Aeroflap.

DEIXE UMA RESPOSTA