Foto: FAB

Bem vindo ao resumo semanal de notícias da aviação do Portal Aeroflap. Aqui listamos para o nosso público os 10 assuntos principais da aviação nos últimos sete dias, bem como os artigos e vídeos publicados na semana.

Para essa postagem consideramos as matérias publicadas entre o período de 04 a 10 de dezembro, exatamente sete dias, e descontando o dia anterior ao de publicação do resumo, que é sempre aos domingos aqui no Portal Aeroflap.

Receba as principais notícias da aviação diretamente no seu TELEGRAM, em tempo real. Participe do nosso grupo Clicando Aqui.
Para participar no Whatsapp Clique Aqui.

 

 

  1. LATAM estreia mais rotas no Brasil e amplia voos em dezembro

LATAM
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

Em uma semana onde se consolidou novamente na liderança, a LATAM ampliou seus voos existentes e passou a voar para mais dois destinos: Bauru e Vitória da Conquista.

A rota São Paulo/Guarulhos-Bauru contará com 5 voos semanais e será operada com aeronaves Airbus A319, que acomodam 144 passageiros (18 em Premium Economy e 126 em Economy). A partir de 22 de fevereiro, o voo decolará de Guarulhos às 7h20 todos os dias (exceto às quintas e sextas) com pouso programado em Bauru às 9h30. No sentido inverso, decolará às 10h05 dos mesmos dias com pouso programado às 12h20.

Ao todo, são 4 voos por semana (não opera somente nas quartas-feiras e sábados) programados para decolar sempre às 7h20 de Guarulhos e pousar às 9h30 em Vitória da Conquista. No sentido inverso, está programado para decolar às 10h05 e pousar às 12h20. São operados por aeronaves Airbus A320, com capacidade para acomodar 162 passageiros em classe Economy e 8 em Premium Economy.

O primeiro voo de São Paulo/Guarulhos para Vitória da Conquista decolou com 86% de ocupação e está com uma média de 80% de ocupação já prevista para toda a primeira quinzena de dezembro.

Já no Aeroporto de Brasília a LATAM expandiu seus voos nos destinos já atendidos, confira a seguir: As operações de Brasília para Belo Horizonte/Confins ganharam um incremento de voos semanais (de 14 para 21), Goiânia (de 9 para 12), Santarém (de 7 para 10), Marabá (de 7 para 10), Boa Vista (de 7 para 10), Porto Seguro (de 5 para 7), Navegantes (de 5 para 7), Palmas (de 4 para 6), Uberlândia (de 3 para 5 voos semanais), Maceió (de 14 para 16), João Pessoa (de 10 para 12), Florianópolis (de 10 para 12), Recife (de 17 para 18), Rio Branco (de 6 para 7), Natal (de 13 para 14) e São Paulo/Congonhas (de 55 para 56).

Com isso, a LATAM chega a marca de 50 destinos operados no Brasil. E com o incremento de voos, em dezembro a companhia terá recuperado 95% da sua oferta doméstica de voos no Brasil.

Para reforçar as suas operações, a LATAM Brasil também concluiu a contratação de 3.400 funcionários em todo o Brasil, recompondo 55% das vagas de trabalho que precisaram ser fechadas no primeiro ano da pandemia de Covid-19.

 

2. Desaer apresenta seu novo projeto de aeronave turboélice

ATL-300 Desaer
O ATL-300 deve voar em 2026.

A startup Desaer (Desenvolvimento Aeronáutico) apresentou na terça-feira (07) desta última semana o seu novo projeto, o turboélice ATL-300. A nova aeronave da empresa com sede em São José dos Campos foi divulgada na 6º edição da Mostra BID Brasil, em Brasília (DF). 

O ATL-300 terá capacidade para transportar 40 passageiros ou quatro toneladas de carga, é projetado para voar a 31 mil pés, com uma velocidade de cruzeiro de 520 km/h e 2600km, segundo informações obtidas pela CNN Brasil. Evandro Fileno, CEO da Desaer, afirma que o ATL-300 vai competir com o ATR-42 e que o diferencial é a rampa de carga.

Desaer ATL-300 descarga
Aeronave poderá carregar quatro toneladas de carga.

Este é o segundo projeto apresentado pela Desaer, que trabalha no desenvolvimento do ATL-100. Fileno diz que o novo avião deve complementar as capacidades do ATL-100

“É um avião mais avançado, com cabine pressurizada e trem de pouso retrátil. Em comum, são duas aeronaves de asa alta e altamente versáteis propostas para uso civil ou militar. São aviões ideais para operar em pistas semi-preparadas e em aeroportos com pouca estrutura”, diz o CEO. 

“O primeiro voo do ATL-300 deve acontecer em 2026. A certificação operacional e o lançamento comercial é previsto para 2027”, disse Fileno, antecipando também valor do da aeronave: “O ATL-300 é avaliado em US$ 21 milhões (R$ 119.487 milhões na cotação atual).”

 

3. Polícia Federal apresenta seu primeiro Embraer E175 em Brasília

Embraer E175 Polícia Federal
Foto: Embraer/Divulgação

A Polícia Federal apresentou hoje (08/12) em Brasília (DF) o seu primeiro avião do modelo Embraer E175 para convidados e imprensa. A aeronave foi adquirida a partir da falida FlyBe e será operada pelo Comando de Aviação Operacional (CAOP).

Na linha de jatos executivos, o CAOP até então operava com dois aviões Embraer ERJ-145 com capacidade de transporte em torno de 50 passageiros a depender da missão. Além da maior modernidade, os dois novos E175-E1 fabricados em 2012 da Polícia Federal podem transportar até 88 passageiros a bordo, ampliando a capacidade em missões de segurança nacional.

Além do PS-CAV (ex-G-FBJE), aeronave apresentada hoje em Brasília, a Polícia Federal contará com uma segunda unidade do Embraer-175 sendo o PS-DPF (G-FBJF), ambas ex-Flybe, que será entregue em 2022.

Os novos aviões têm um prazo maior de manutenção, e permite mais missões pela PF durante um ano, além de ter menor custo operacional. 

 

4. Comandante da FAB leva em voo os primeiros T-27M para a AFA

T-27 M Modernizado
O Comandante da FAB, Ten. Brig. Baptista Jr., no cockpit do T-27M 1446 durante o seu voo de readaptação.

A Academia da Força Aérea (AFA) recebeu nesta quinta-feira (09) os quatro primeiros T-27 Modernizados. As aeronaves foram entregues pelo Comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Jr., que pilotou um dos T-27M. 

Ainda ontem, o Ten. Brig. Baptista Jr fez um voo de readaptação no T-27M na Base Aérea de São Paulo, no Aeroporto de Guarulhos. 

Os quatro primeiros T-27M, matrículas 1383, 1426, 1446 e 1439, foram entregues ao 1º Esquadrão de Instrução Aérea, o Esquadrão Cometa. A unidade faz a instrução avançada dos cadetes aviadores da AFA, atividade que é realizada no 4º e último ano do Curso de Formação de Oficiais Aviadores.

Na chegada ao Ninho das Águias, os Bombeiros da AFA deram as boas-vindas aos primeiros T-27M, com o tradicional banho de batismo das aeronaves. Logo em seguida, ocorreu a cerimônia de entrega das quatro aeronaves, que foi presidida pelo o Comandante da Aeronáutica, sendo recebido pelo Comandante da Academia da Força Aérea, Brigadeiro do Ar Marcelo Gobett Cardoso.

A FAB pretende modernizar 42 aviões T-27 Tucano até dezembro de 2022, trabalho que é realizado pelo PAMA-LS em conjunto com a empresa Albatross.

 

5. Azul se despede da primeira aeronave a compor sua frota

Azul
Foto: Gabriel Centeno/Aeroflap

Nesta semana primeira aeronave a voar pelo Brasil levando na fuselagem a marca da Azul Linhas Aéreas se despediu da frota da companhia. O Embraer E-190, de matrícula PR-AZL, realizou um voo a partir de Belo Horizonte para devolução aos lessores da aeronave.

O avião foi o responsável pelo ‘start’ nas operações da Azul em 2008. Desde então estava operando voos domésticos para a Azul por todo o Brasil, estabelecendo também o “padrão” de conforto para toda a frota nos anos seguintes.

Veja a história do primeiro voo da Azul Clicando Aqui.

“É um momento de grande emoção para nós, porque essa aeronave simboliza o início da nossa história, os primeiros passos da companhia no Brasil. De 2008 para cá, nós crescemos muito e, junto com nossos Tripulantes, nos tornamos a melhor companhia aérea do mundo! Agora, estamos compromissados com a renovação de nossa frota para reduzirmos os custos, as emissões de gases e oferecer ainda mais conforto aos nossos Clientes”, afirma John Rodgerson, presidente da Azul.

 

6. Azul indica que acelerará substituição dos E-Jets em breve

Azul
Sai os E-Jets E1 para entrar a nova geração, E2.

Após falar em declaração aos investidores que reiniciará as entregas do Embraer E195-E2 em 2022, a Azul apresentou agora em dezembro seu planejamento de acelerar a renovação da frota. A meta da companhia é chegar em 2026 com uma frota composta totalmente por aviões de nova geração.

No documento aos investidores, a Azul confirmou que retomará as entregas do Embraer E195-E2 no próximo ano. Atualmente a companhia tem 9 aviões E195-E2 na sua frota, e deve finalizar 2022 com 15 aviões deste modelo.

Durante a pandemia a Azul postergou as entregas do E195-E2 para a partir de 2024. Ao todo são 75 encomendas para o avião da fabricante brasileira.

Acompanhando a entrega de novos aviões, a frota da Azul de aviões E-Jets de Primeira Geração deve retrair de 49 para 42 aeronaves em 2022, e para 31 aviões ao final de 2023.

Já na frota de turboélices, a companhia relatou que receberá três aviões ATR 72-600 ainda em 2021, terminando o ano com 36 aeronaves deste modelo na frota. Uma aeronave ATR 72-600 será retirada em 2023, quando também receberá mais dois E195-E2 e quatro aviões da família A320neo.

Veja mais detalhes Clicando Aqui.

 

7. Inglaterra recupera F-35 do mar e prende marinheiro que vazou vídeo do acidente

F-35
Caças F-35B norte-americano e do Reino Unido sobre o convés de voo do HMS Queen Elizabeth- Foto: RAF

O Ministério da Defesa da Inglaterra (MoD) confirmou que o caça F-35 que caiu no Mar Mediterrâneo em novembro foi recuperado. O resgate do caça stealth F-35B Lightning II ocorreu uma semana depois de ter sido encontrado no fundo do mar.

“As operações para recuperar o F-35 do Reino Unido no Mar Mediterrâneo foram concluídas com sucesso. Estendemos nossos agradecimentos aos nossos aliados da OTAN, Itália e dos Estados Unidos da América pelo apoio durante a operação de recuperação”, disse um porta-voz do MoD Britânico na terça-feira. 

O salvamento bem-sucedido do caça de 5ª Geração ocorre ao mesmo tempo em que um marinheiro que vazou o vídeo do acidente foi preso. Segundo o UK Defence Journal, citando uma fonte anônima, o militar é tripulante do porta-aviões HMS Queen Elizabeth, no qual o F-35B da Força Aérea Real estava embarcado.

A queda do F-35B da RAF em sua primeira viagem operacional virou manchete no mundo todo. O The Sun diz que fontes confirmaram que o acidente ocorreu por conta de uma cobertura de plástico no motor. Esta deveria ter sido retirada pelos tripulantes do navio, o que não ocorreu. De qualquer forma, esta informação não foi confirmada pelo Governo Britânico. 

Você pode ver o ocorrido com o F-35 no vídeo abaixo:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por AEROFLAP (@aeroflap)

 

 

8. Motor de 777 em testes destrói parte de hangar no aeroporto de Zurique

Motor
Foto: Autor desconhecido

Um Boeing 777–300 da Swiss que estava se preparando para realizar teste de motor no aeroporto de Zurique acabou destruindo a proteção anti-som de um hangar especializado para testes. O incidente ocorreu na semana passada, não houve feridos.

Em vídeos que estão circulando nas redes sociais, impressiona a força da potência causada pelo motor GE90, sendo possível observar no vídeo abaixo os painéis de deflexão e contenção sonora voando após o acionamento do motor.

Curiosamente, por se tratar de um Boeing 777, o motor GE90 possui uma força de 329 a 512 kN (74.000 a 115.000 libras), sendo suficiente para arremessar um carro ou até um grande caminhão a depender da intensidade. A causa do incidente está sob investigação. 

 

9. Primeiro A321XLR entra na fase final de montagem

A321 XLR-
Foto: Airbus

O tão esperado Airbus A321XLR, última versão de longo alcance do A321neo capaz de fazer voos do leste dos EUA para toda a Europa Ocidental, entrou em montagem final nas instalações de Hamburgo, na Alemanha.

A aeronave terminou recentemente a montagem estrutural, e se aproxima da fase de testes de voo e Certificação de Tipo a partir de 2022, e assim, seguindo para a produção em série e entrada em serviço em 2023.

Das quatro linhas de montagem da Família A320 em Hamburgo, a que está processando o primeiro A321XLR é chamada de “Line 2”, que fica no prédio “Hangar 9”. As duas aeronaves de desenvolvimento A321XLR subsequentes – MSN11058 e MSN11080 – também estão sendo produzidas na mesma planta. 

Você pode conferir passo a passo da montagem final de uma aeronave Clicando Aqui.

 

10. TF-X: Rússia e Turquia trabalham no desenvolvimento do caça stealth

TF-X Turquia
Concepção artística do TF-X- Foto: TAI

Inicialmente criado como um projeto único da Turquia, agora os governos da Rússia e Turquia estão cooperando para desenvolver o jato stealth turco TF-X. É o que afirma Ismail Demir, o chefe da Presidência das Indústrias de Defesa da Turquia. 

“Existem muitas disposições sobre cooperação em nossas negociações com a Rússia. Elas incluem questões relacionadas com o desenvolvimento de aviões de guerra nacionais [da Turquia] [TF-X]. Como o jato nacional TF-X deixará o hangar em 2023, há um tipo de motor que escolhemos e certos sistemas”, disse Ismail em uma entrevista ao jornal Milliyet no último domingo (05). 

“Mas ele passará por um processo em fases de substituição, desenvolvimento, modernização e localização de certos sistemas com o tempo. Durante este processo, podem ser realizadas conversas com o lado russo sobre sistemas de localização concretos. Hoje, não estamos discutindo uma gama tão ampla de detalhes”

A  BAE Systems também está participando e o motor escolhido é o General Electric F110 dos Estados Unidos.

Os trabalhos no TF-X foram realizados simultaneamente com a participação da Turquia no programa de caça a jato F-35. O país deveria receber cerca de cem desses jatos, mas os Estados Unidos excluíram a Turquia do programa após a compra pela Turquia dos sistemas de defesa antiaérea S-400.

 

Artigos

Leonardo AW609
Foto: Leonardo/Divulgação

Em uma sequência de artigos nesta semana, abordamos desde os pequenos aviões até mesmo ao voos do Boeing 737 MAX, que há um ano voltava a fazer voos comerciais após passar por atualizações.

Confira nossos artigos desta semana abaixo:

Um ano da retomada: Como estão as operações do Boeing 737 MAX após a nova certificação

 

AW609: A aposta da Leonardo para o futuro das pequenas aeronaves

 

Cirrus Aircraft: afinal, de onde veio a Cirrus e seus aviões com paraquedas?

 

NOSSOS TRÊS VÍDEOS DA SEMANA

Em uma semana recheada de vídeos, nesta temos 3 destaques para o Resumão. No primeiro abordamos sobre o Airbus ACH145, que foi atualizado recentemente pela fabricante francesa para 

Também continuamos com a série sobre o KC-390, que já conta com quatro vídeos na AEROFLAP, sendo o desta semana o penúltimo a ser postado.

E depois de falar sobre o sucesso do Boeing 777, chegou a vez de abordar sobre o imponente motor GE90, responsável por uma grande parcela da fama do 777 no mercado.

Confira na sequência:

 

DEIXE UMA RESPOSTA